DIFERENÇA ENTRE ESCRITÓRIOS CONVENCIONAIS E COWORKING

Abrir o próprio negócio e se tornar um empreendedor é o fator de realização para muitos profissionais que almejam o sucesso. No entanto, muitos pecam logo no início deste desafio, quando decidem escolher o local de trabalho.

É fundamental estabelecer um espaço para receber seus clientes, realizar reuniões e colocar as ideias em prática, afinal, isso traz credibilidade para sua empresa e conforto para você e seus colaboradores. Entretanto, é importante lembrar que abrir o próprio negócio exige uma série de investimentos, e que o cálculo de um espaço de trabalho pode envolver mais fatores do que simplesmente o custo com aluguel.

Móveis, limpeza, condomínio, banda larga, energia elétrica, internet: estes são apenas alguns dos gastos que você terá que arcar. Não colocar na ponta do lápis pode, inclusive, comprometer a sobrevivência da empresa a médio prazo.

Pensando na redução de custos, mas levando em conta o conforto e praticidade, algumas soluções começaram a aparecer no mercado, como o conceito de Coworking.

Usar as salas comerciais do MEU COWORKING custam pouco e você não se preocupa com gastos gerais, ao contrário de um escritório privado que, além dos gastos extras, são mais caros. Dentro do valor único, você encontra uma série de serviços e benefícios. Tudo já está incluso.